O efeito surpresa

O mundo dos videojogos é muito peculiar porque a surpresa é um dos catalisadores da sua evolução e, no entanto, este elemento poderoso poucas vezes aparece. Na verdade, o efeito surpresa é algo que anda um pouco desaparecido em qualquer indústria.

Ainda assim, nos videojogos vão surgindo algumas surpresas que acabam por criar entusiasmo e uma delas é a nova consola da Nintendo, a 3DS. É incrível como é que esta nova portátil consegue criar um efeito de histerismo em todos aqueles que a experimentam, e isto é notável quando estamos a falar da introdução de uma tecnologia que até à altura ainda não tinha obtido a unanimidade em torno da sua performance noutras aplicações (cinema e TV).

Agora que pude experimentar a consola na recente exposição pós E3 da Nintendo em Lisboa, pude então comprovar que a primeira reacção que se tem ao ver o ecrã da 3DS a exibir efeitos 3D, que nos dão a sensação de profundidade é absolutamente fantástica, e percebemos naquele primeiro instante que nos sentimos surpreendidos e com vontade de ver mais. A qualidade de imagem é igualmente espantosa e, depois de ver algumas demonstrações, ficamos com a clara ideia de estarmos perante um produto de qualidade e que nos vai certamente proporcionar muitos momentos de puro entretenimento.

O botão para regular a profundidade do 3D na consola é um elemento-chave para podermos tirar o melhor partido do efeito, e que faz desta portátil algo de único, por se adaptar aos seus utilizadores. Na mesma demonstração, diferentes pessoas ajustaram este efeito para diferentes profundidades, o que demonstra que cada um de nós se adapta de maneira diferente ao 3D, e isto é um dos pormenores que não é possível regular noutras aplicações, como no cinema ou na TV.

De todas as demonstrações presentes, a de Pilotwings Resort foi das mais interessantes porque não só me fez recordar o bom que foi o jogo da Nintendo 64, como pude perceber a influência do 3D na experiência de jogo. Não é de admirar que a Nintendo pretenda reeditar alguns dos seus clássicos agora para a 3DS, uma vez que esta novidade cria uma nova dimensão mesmo naqueles jogos em que explorámos tudo até à exaustão!

Não posso deixar de mencionar a demo de Metal Gear Solid que apesar de não passar de uma demonstração tecnológica, representou sem dúvida o ponto alto desta experiência 3D, provando as potencialidades gráficas da consola.

Da mesma forma que o ecrã táctil marcou uma geração, não tenho dúvidas que a 3DS tem todos os ingredientes para definir um novo rumo numa indústria que poucas surpresas nos tem apresentado. O entusiasmo é grande isto só pode ser um sinal de que os videojogos estão bem de saúde e se recomendam!

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: